Mangá Nacional Vale a Pena?

Mangá Nacional Vale Mesmo a Pena?

Você já leu um Mangá Nacional?

Muitos de nós estamos acostumados a comprarmos títulos internacionais, e de preferência que sejam totalmente Japoneses. Mas por acaso, você já leu um Mangá Nacional? Você sabe o quão bom eles podem ser?

Os mangás em aspecto geral foi e é um fenômeno. A comunidade dos Mangás está em constante crescimento em nossa economia, estamos tomando um espaço no mercado. E com esse crescimento a nossa terrinha também se dispõe de fazer parte do movimento.

Porém, a jornada para um reconhecimento maior é árdua, assim como no campo dos quadrinhos e das ilustrações. É de praxe que as pessoas não reconheçam o valor da arte que é posta ali.

Muitos falam que um mangá nacional não é bom porque não é feito por um Japonês ou não veio do Japão. Ou pelo simples fato de não reconhecer a arte como boa o suficiente.

E isso são erros muito comuns que propomos a nós mesmos e aos outros. Que tudo que é de dentro do nosso território, não satisfaz como os de outros países.

E você que mora neste nosso país, você acredita no potencial dos nossos mangás?

Se livre dos julgamentos já pré moldados e vamos conhecer mais desse mundo inexplorado! 🙂

Fiz uma lista de 9 mangás nacionais que mais gostei de ler para você aproveitar!

Por uma busca incessante que fiz encontrei milhares de zines, ilustrações links e vários outros trabalhos artísticos maravilhosos, resolvi mostrar aqui alguns bem conhecidos e que já li e gostei demais. Vamos ver?


Turma da Mônica Jovem

Ok, eu já vi você torcendo o nariz, mas entenda: Turma da Mônica Jovem é bom pra caraca. Desde sua primeira revista lançada. E tem arcos muito diferentes que remetem ao próprio mundo em que eles vivem, e ainda tiram onda da nossa realidade.

Saiba que a cada revista lançada, o roteirista da história muda. Então sempre que o arco muda, a história é diferente.

Veja a seguir as histórias mais marcantes de Turma da Mônica Jovem!

As Quatro Dimensões Mágicas

O primeiro arco de estréia da Turma da Mônica Jovem é chamado de “As Quatro Dimensões“. Capitão Feio (ou Poeira Negra) liberta Yuka, uma poderosa rainha que foi aprisionada dentro de uma pedra lunar. Os dois, é claro desejam a dominação do mundo.

Mas para isso existem regras, serão selecionados quatro guerreiros virtuosos que terão de percorrer quatro dimensões em busca de objetos mágicos poderosos. Nesta busca eles serão prisioneiros de Yuka até que eles descubram uma maneira de derrotar esta rainha perversa.

Atualmente estão relançando os primeiros volumes em encadernados com duas edições, vale muito a pena!

O Brilho de Um Pulsar

Para quem assistiu o filme “A princesa e o Robô” de 84 vai se lembrar bem dessas personagens.

Usagi Mimi, a princesa do reino de Karaton deseja ser a imperatriz, para isso deve vencer Lorde Kamen.

Para que aconteça essa disputa de posses, Mimi deveria eleger um campeão, no caso um androide da classe Pulsar. Porém ela é durona e forte, então manda o androide ir para uma galáxia distante e não voltar mais.

Porém ela vai precisar da ajuda dele brevemente…

Umbra

Umbra é uma história totalmente a versa ao que é conhecido da Turma da Mônica, é bem focado em suspense e muito, muito engraçado.

Além de ter um roteirista super da hora a parte gráfica feita por Zazo Aguiar fica coerente aos volumes. É o meu arco favorito.

A turma vai a Sococó da Ema, onde irão fazer um trabalho de escola e curtir uma festa típica da cidade. Porém o carro quebra no meio do caminho mas são ajudados por Berenice, uma senhora de idade que trabalha para uma vidente.

Ao chegarem na festa, começam a ouvir boatos de crianças que desapareceram a anos atrás. E assim começa a lenda da Jumenta Voadora e os Filhos de Umbra. E Cebola acaba sendo marcado para a morte de um jeito nefasto.

Não vou dizer muita coisa, porque se não vira Spoiler. Mas para quem quer começar a ler uma história interessante e bem diferente da Turma da Mônica, recomendo fortemente que adquira essas edições.


Holy Avenger

Holy Avenger é uma história que foi criada apartir de um RPG chamado Tormenta. A história de RPG foi publicada em 1998 na Revista Dragão, uma revista especializada em RPG de mesa. Ou seja Holy Avenger é uma história de RPG que foi adaptado em Mangá.

Holy foi publicada até por volta de 2003 com 42 volumes pela editora Talismã. A história é Bicampeã do troféu HQ Mix de 2001 e 2002 e em 2007 ficou em sexto lugar no Prêmio Internacional de Mangás no Japão.

Recentemente saiu uma encadernação definitiva com 4 volumes da série inteira de Holy Avenger, com páginas coloridas e extras! Envolta de 250 páginas com capa dura. A editora responsável foi a Jambô.

Veja aqui um vídeo muito massa que explica a história de Holy e faz um Review do jogo que está sendo atualizado na Steam.


 


Zucker

Zucker

Zucker é outro mangá nacional que foi lançado pelo conceituado, e bem estruturado, Studio Seasons.

O Studio Seasons é composto por 3 integrantes que trabalham com mangá desde 1996. Realizam Workshops e dão aula sobre mangá em Niterói no RJ. Em minha opinião, o grupo tem um grande repertório de histórias leves.

Foi um mangá lançado na Neo Tokyo e posteriormente encadernado e lançado pela New Pop. É volume único e impresso em off-set.

Conta a história de uma garota que recebeu de herança uma loja de doces da avó, localizada no sul do nosso país. Mas ela terá que se livrar de um concorrente que quer comprar a loja que é de direito dela. Para isso ela terá que passar por alguns desafios e descobrirá um segredo que sua avó guardava.


Henshin Mangá

Henshin Mangá é uma coletânea que reúne os vencedores da Brazil Awards Mangá. Henshin é lançado pela JBC após a premiação dos ganhadores. Os vencedores tem seus projetos expostos na publicação.

O primeiro volume conta com cinco histórias: Starmid; Entre Monstros e Deuses; [RE]fábula; Crishno: O escolhido e Quack. Veja aqui a história resumida e oficial de cada uma!

O segundo volume de Henshin tem mais cinco histórias: Maria, Chuva de Meteoros, Träumen, As loucas Aventuras de Joy Comet e Escarra Brasa. Veja aqui o que falam dessas histórias.


Helena

Helena Mangá

Outro trabalho do Studio Seasons, e uma ótima pedida pra quem está na incrível e estupenda fase do ENEM. 😪

Helena é uma mangá nacional adaptado do conto de Machado de Assis. O volume único foi publicado pela New Pop em off-set.

Helena é reconhecida como filha ilegítima do conselheiro Vale. Seu pai faleceu e seu irmão Estácio é o novo conselheiro Vale. Helena é chamada para morar na nova casa onde as pessoas que lá vivem irão ser mudadas para sempre. Mas Helena esconde segredos…

Veja aqui amostras do mangá!


Quack

Ué? De novo esse tal de Quack? Sim, ele também tem volumes separados…E cara, é muito bom!

Quack é uma série de três mangás lançados pela Draco. Este mangá geralmente é acompanhado de várias referências e a história caminha bem neste universo.

Conta as aventuras de Baltazar e Colombo. Baltazar é produto de uma linhagem de aviadores famosos, porém ainda precisa se aventurar pra ter o que comer!

Leia uma amostra do Mangá aqui!


Tokutarou


Tokutarou Por Studio Season e Netsubou

Outro Oneshot da Studio Seasons, e este é totalmente online! E super surpreendente! A história deste mangá já é mais puxado pro suspense e mais adulto. Clique na imagem para ler a Oneshot!

Na era Edo, em uma vila no Japão, várias crianças estão sumindo. Principalmente meninos pequenos. E no lugar do desparecimento, um boneco de porcelana é deixado para a família.

Dois samurais são encarregados de descobrir o porquê do desaparecimento das crianças… O fim é surpreendente.


Vidas Imperfeitas


        
 

    
 

Vidas Imperfeitas é um exemplo de obra bem feita e é mais um mangá nacional que tem uma boa repercussão! Feito pela Mariana Cagnin

Ele é disponibilizado totalmente online no site da autora, e também é vendido na lojinha dela!

Além de contar com 6 volumes, você pode ver o processo todo, extras e mais dicas no blog dela!

Clica aqui e aqui pra conhecer mais coisas fascinantes! Para ler o mangá clique nas capas que irão direto para site que a autora postou.

Juno é uma garota forte, decidida e bem porreta. Tem sua amiga Suzana que sempre está por perto. Um dia um lindo moço se interessa por ela, e num passe de mágica consegue derrotar toda a sua força. E daí por diante um sentimento começa a desabrochar.

Mais para a frente somos apresentados a uma Juno bem diferente do que conhecemos, e conforme a história se desenrola, nos é mostrado a ela lida com a família e principalmente a relação dela com o pai.


Digude

Digude é mais um mangá nacional feito com maestria pelo Vinicius de Souza. Ele está parcialmente online e pode ser adquirido por e-mail com o próprio autor.

É muito interessante o jeito que ele faz as cenas de gude, eles tem poderes incríveis!

Cinco seres lendários e soberanos que andavam em nossos planeta foram aprisionados em esferas de vidro. As esferas detinham um grande poder e quem as possuísse teriam sucesso em suas lutas.

Daigo é um menino que gosta dos jogos, apesar de não admitir e sempre relutar pra isso, mas é habilidoso em gude. Um dia ele tem um sonho e lembra de uma dor antiga.

Com isso ele, e mais um baita em purrãzinho, ele decide entrar no campeonato de gude…


Lendo Mangá Nacional

Fala sério, com tantos títulos você ainda não pode torcer o bico para os nossos mangás! É cada mangá que tem por aqui, e que eu tenho certeza que você pouco conhece sobre eles!

Uma última diquinha para os curiosos de plantão, uma entrevista foi feita com Amaro Braga, professor de uma universidade e escritor do livro desvendando o mangá nacional. Veja aqui a entrevista!

Espero ter ajudado nessa empreitada de auto conhecimento nesse nosso solo tão sagrado!

Continue com a gente nas redes sociais! Até a próxima! 😋

Avalie a postagem.

Carolina

Me chamo Carolina e sou autora do Asas de Dragão. Eu estudo Artes Visuais e tenho conhecimento na área de Design Gráfico. Desenho a bastante tempo e aqui vou postar dicas para te ajudar a descobrir o incrível universo da ilustração e Design! Siga nas redes sociais e descubra mais!

Website: http://asasdedragao.com

2 Comentários

  1. Yrla ookami

    Mangás nacionais irão crescer, com muito esforço e trabalho, eu seria mais uma mangaká, e mostrarei que no Brasil também tem pessoas com talento pra fazer mangá, vamos com tudo Brasil!

    • Isso mesmo Yrla!! Estou torcendo por você viu?? Pode contar com o Asas de Dragão que a gente divulga sua história igual fizemos no post acima! Gratidão pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *